Notícias de Caçador e Região

Ainda não é momento para flexibilizar uso de máscara em SC, diz estudo

Apesar do avanço na vacinação contra a Covid-19 em Santa Catarina e na consequente melhora no cenário da pandemia, ainda não é momento para um relaxamento das medidas preventivas, como o uso de máscaras, por exemplo. É o que aponta o novo boletim do Necat (Núcleo de Estudos de Economia Catarinense) da UFSC (Universidade Federal de Santa Catarina).

O estudo faz uma análise da semana entre 6 e 12 de novembro, trazendo as médias semanais de casos e mortes pelo coronavírus. Nos dados divulgados sobre a segunda semana de novembro, foram registrados mais 4.430 novos casos, com taxa semanal de crescimento de 0,40% no agregado estadual.

Há também a média semanal móvel de 633 novos casos diários, revelando tendência de queda do indicador em relação aos últimos 14 dias (primeira semana de novembro e semanas finais de outubro).

No período, ainda houve registro de mais 79 mortes, o que, segundo o texto, corrobora com o número de mortes considerado alto no Estado, mesmo que a média semanal móvel tenha caído para o patamar de onze mortes por dia.

A publicação é assinado por Lauro Mattei, coordenador-geral do Necat e professor do Departamento de Economia e Relações Internacionais e do Programa de Pós-Graduação em Administração.

Sob o olhar das autoridades

A última matriz de risco divulgada pelo governo estadual, no dia 13 de novembro, mostrou que o controle da pandemia no Estado vem apresentando resultados positivos nas últimas semanas, não sendo registrada situação grave ou gravíssima em nenhuma região.

Entretanto, o comportamento da doença em Santa Catarina, a cada semana, revela um cenário preocupante, já que a transmissão do vírus está classificada em 0.95, chegando a 1.0 na Grande Florianópolis.

Esses patamares indicam que em muitas regiões a transmissão da doença ainda se encontra em um ritmo acelerado.

“O comportamento do conjunto de indicadores analisados neste boletim, mesmo que bastante favorável, ainda não permite nenhum relaxamento em relação às medidas de prevenção e de controle da doença, especialmente no quesito ‘flexibilização do uso de máscaras’, equipamento que é extremamente eficaz no sentido de inibir a circulação do vírus”, diz o boletim.

“Por isso, entendemos que ainda é necessário manter as medidas preventivas para achatar a curva de contágio com o objetivo de se estabelecer as condições adequadas para reduzir o próprio coeficiente de mortalidade, que permanece num patamar elevado no Estado”.

Liberação de máscaras em SC

Santa Catarina já está com o planejamento definido para finalmente liberar o uso de máscaras ao ar livre. A regra prevê esta liberação em todos os municípios que estiverem com pelo menos 65% da população com a segunda dose da vacina contra a Covid-19.

De acordo com o presidente do Cosems/SC (Conselho de Secretarias Municipais de Santa Catarina), Daisson Trevisol, o Estado aguarda a liberação do governo federal para colocar a medida em prática. O secretário de Estado da Saúde, André Motta Ribeiro, confirmou que a nova regra já está pronta, e o Ministério da Saúde será cobrado em próximas reuniões.

Com informações ND Mais 

Veja Também

Comentários estão fechados.