Notícias de Caçador e Região

Adolescente é agredido por padrasto durante aula virtual e câmera flagra violência no RS

Um adolescente de 13 anos foi agredido pelo padrasto em Erechim, no norte do Rio Grande do Sul. O caso veio à tona após a divulgação das imagens em redes sociais. A agressão ocorreu enquanto o menino participava de uma aula virtual. O caso foi comunicado ao Conselho Tutelar na terça-feira, dia 13.

As imagens foram registradas pela escola em que o adolescente estuda. A instituição de ensino acionou o Conselho Tutelar e pediu providências. A Polícia Civil e o Ministério Público iniciaram as investigações sobre o caso ainda na semana passada.

Enquanto acompanhava a aula, o menino teve os fones de ouvido arrancados com força e foi puxado bruscamente pelo homem, que repetiu a agressão na sequência. Passados alguns instantes, o garoto retorna para a aula chorando.

“Na terça-feira, dia 13, de manhã, chegamos para trabalhar e tinha um e-mail, com os três vídeos, onde a escola relatava o acontecido e solicitava uma apuração junto à família desse menor. A escola também avisou a mãe, que foi orientada a comparecer ao conselho”, conta o conselheiro tutelar Ademir da Rosa.

Segundo informações do Portal AU, de Erechim, no boletim de ocorrência a mãe do menino informou que o padrasto já se retirou do lar e não está mais residindo com a família.

O Conselho Tutelar solicitou à escola que reunisse pais e alunos e orientasse que o vídeo não fosse disseminado nas redes sociais. Segundo Ademir da Rosa, a divulgação de imagens envolvendo menores de idade em situação semelhante pode ser enquadrada no crime de cyberbullying.

Além de prestar apoio à criança, o Conselho Tutelar também notificou o Ministério Público sobre a ocorrência. A Deam (Delegacia Especializada no Apoio à Mulher e Vulneráveis) de Erechim investiga o caso.

Com informações Portal Au 

Veja Também

Comentários estão fechados.