Notícias de Caçador e Região

Acadêmicos de Agronomia da UNIARP visitam empresas Fischer e Copercampos

Nos dias 6 e 10 de outubro, os acadêmicos da 4ª fase do curso de Agronomia da UNIARP participaram de visitas técnicas pela disciplina de Fisiologia da Produção Vegetal acompanhados pelo professor Everlan Fagundes.

Nas visitas, o grupo visitou o packing house da empresa Fischer, pioneira na introdução da maçã brasileira no mercado internacional, situada no município de Fraiburgo, e também a matriz da empresa Copercampos, uma das maiores cooperativas do País.

Na Fischer, o engenheiro agrônomo, supervisor de Controle de Qualidade Marcos Westphal Gonçalves, que também é professor no curso de Agronomia da UNIARP, apresentou e acompanhou os acadêmicos à visitação das modernas estruturas de packing house utilizadas na classificação, armazenagem e embalagem de maçãs, que garantem aos consumidores a oferta de frutas de qualidade em qualquer época do ano.

Já na Copercampos, o coordenador do Departamento Técnico, engenheiro agrônomo Marcos Schlegel, repassou informações do processo de produção de sementes, produção de grãos e de manejo de lavouras. Na oportunidade, a bióloga Vanessa Pezzini Scalon, apresentou o Laboratório de Análises de Sementes da Copercampos. Os estudantes também conheceram ainda a Unidade de Beneficiamento de Sementes (UBS) e acompanharam procedimentos desde a entrada do produto na unidade, armazenamento e tratamento de sementes. O chefe da unidade, José Tadeu Guzatti, acompanhou os visitantes e explanou sobre o trabalho realizado na UBS.

O professor Everlan, responsável pela visita, destaca a importância do conhecimento de técnicas para conservação pós-colheita de frutas e hortaliças, e grãos e sementes para a formação de futuros Engenheiros Agrônomos. “Poucos sabem que, desde a colheita até o consumo, os produtos agrícolas sofrem danos que poderão causar redução na qualidade final dos mesmos. Dependendo do produto, as perdas podem chegar a 60% do total. Dessa forma, é importante para o aluno saber que a utilização da cadeia de frio, estruturas de armazenagem e da embalagem adequada pode reduzir as perdas e manter a qualidade das frutas até que ela chegue ao consumidor”.

Veja Também

Comentários estão fechados.