Notícias de Caçador e Região

14 acusados de envolvimento em assalto a banco em Criciúma já estão presos

Estão presos 14 suspeitos de envolvimento no assalto ao Banco do Brasil de Criciúma, ocorrido na madrugada do dia 1º de dezembro deste ano, informou nesta quarta-feira, dia 9, o governo de Santa Catarina. Uma coletiva de imprensa foi realizada para atualizar o andamento das investigações.

Das novidades mais recentes, o delegado Anselmo Cruz, da delegacia de Roubos e Antissequestro, que conduz a investigação, revelou o cumprimento de mandado de busca e apreensão no estado do Ceará.
Depois do trabalho de mobilização integrada das forças de segurança e a prisão de 14 pessoas, a investigação entra numa etapa minuciosa para reunir e apurar informações e responsabilizar criminalmente todos os envolvidos.

“É como montar um grande quebra-cabeças, temos algumas peças que nos levarão a outras peças e assim, sucessivamente, até que a montagem esteja concluída. Esse trabalho muitas vezes tem que ser até sigiloso para não atrapalhar o andamento das investigações”, explicou o delegado.

Ele disse ainda que o trabalho integrado das forças de segurança estaduais e federais tem sido exemplar e produtivo. “A união de esforços em capacidade máxima operacional e de inteligência foi extraordinário e vai continuar. Tudo o que for produzido estará no inquérito policial que vai apontar a autoria de todos os criminosos envolvidos na ação violenta ocorrida em Criciúma”, reitera Cruz.

O crime

Por volta das 23h50 do dia 30 de novembro, criminosos com armas pesadas, munições de diferentes calibres, explosivos e coletes balísticos assaltaram uma agência bancária de Criciúma e efetuaram diversos disparos na área central e no 9º Batalhão de Polícia Militar (BPM). A ação resultou em duas pessoas feridas, sendo um deles o policial militar Jeferson Luiz Esmeraldino, que continua internado em estado grave.

No dia do roubo à agência bancária, quatro pessoas chegaram a ser presas quando recolhiam cédulas que ficaram espalhadas pelo chão, próximo à agência bancária que foi alvo de explosões provocadas pelos bandidos. Com eles a polícia apreendeu cerca de R$ 810 mil em dinheiro. O montante levado pelos bandidos está estimado em R$ 80 milhões.

Com informações Oeste Mais 

Veja Também

Comentários estão fechados.