10 suspeitos de praticar rinha de galo na região são presos

Notícia Hoje

Notícia Hoje

As informações mais atualizadas de Santa Catarina, do Brasil e do Mundo!

Compartilhe

A rinha de galo é um crime ambiental comum na região, mas que pouca gente sabe que acontece. Segundo a Patrulha Ambiental de Erechim – Patram – o jogo clandestino movimenta muito dinheiro e, normalmente, só é descoberto quando há uma denúncia. No último fim de semana onze homens foram presos em Machadinho durante operação do POE – Pelotão de Operações Especiais do Comando Rodoviária da Brigada Militar, de Passo Fundo.

O grupo foi abordado em uma barreira policial quando regressava para Santa Catarina e transportavam em três carros, galos que teriam sido usados em rinhas. Os animais estavam amarrados em sacolas.

Com um dos homens, os policiais encontraram ainda um revólver, calibre 38, que teria sido furtado em 2005, no município de Sananduva. Os homens foram encaminhados para registro na Delegacia de Polícia de Pronto Atendimento de Erechim e devem responder por crime ambiental e maus tratos a animais. O indivíduo que estava com o revólver foi preso em flagrante e responderá ainda por receptação e posse de arma de fogo.

As aves foram apreendidas. A polícia trabalha agora para localizar o rinheiro em Machadinho e responsabilizar seus proprietários.

Com informações de Atual FM

Receba notícias, diariamente.

Salve nosso número e mande um OK.

Ao entrar você está ciente e de acordo com todos os termos de uso e privacidade do WhatsApp