Notícias de Caçador e Região

Suspeitos de explodir caixas eletrônicos são presos em Lages

A Polícia Civil, através da DIC de Lages prendeu neste domingo, 4, quatro homens suspeitos por explosões de caixas eletrônicos na região. Foram presos Fábio Fernandes, 31 anos;  Adriano de Almeida Rodrigues Júnior,  27 anos; David Borges, 32 anos;  e Natan Ismar, 24 anos, todos naturais de Joinville. Eles teriam sido flagrados no interior do banco Santander localizado nas dependências da Uniplac – Universidade do Planalto Catarinense, em Lages, durante o arrombamento dos caixas eletrônicos.

page-1

A Polícia Militar localizou o veículo que teria sido usado na explosão à agência do Santander de Campina da Alegria, interior de Vargem Bonita.

15281922_951700238306637_1952712138_n

A Renault Duster, sem placas, estava abandonada no antigo acesso da Campina Redonda. Segundo a PM, provavelmente os assaltantes trocaram de veículo, sendo possivelmente uma camioneta, e posteriormente fugiram pela BR-153. O veículo foi entregue ao IGP para ser periciado. Na fuga os criminosos utilizaram fuzil AK-47 e “miguelitos” (pregos retorcidos para furar pneus).

unnamed_14

De acordo com o Delegado Sergio Roberto de Sousa, as investigações iniciaram há dois meses, quando os mesmos suspeitos, no início de outubro deste ano praticaram furto a dois caixas eletrônicos do banco de Brasil e outro do banco Santander, no mesmo local. “Os presos fazem parte de uma organização criminosa, oriunda da cidade de Joinville, cidade natal dos indiciados, que praticava crimes da mesma espécie de Norte a Sul do País. Há informações de crimes praticados nos Estados do Maranhão, Tocantins, Goiás, São Paulo e Santa Catarina”, explica.

unnamed_13

Segundo o Delegado, o último crime praticado pelo grupo foi há cerca de 20 dias, ao banco Santander, em Criciúma. “O preso de 31 anos, é considerado o líder do grupo. Além destes, há outros membros da organização identificados que terão suas prisões representadas, nos próximos dias. O grupo era especialista na execução de referidos crimes e utilizavam de dois meios de execuções na pratica do delito, sendo através de maçarico e furadeira serra copo”, afirma.

Auxiliaram nos trabalhos, policiais da 3° DPCO de Lages,DPCAMI de Lages, DRP de Lages e DPCO de Campo Belo do Sul.

Após a lavratura dos procedimentos, os investigados foram recolhidos no Presídio Regional de Lages.

Fotos e informações: Michel Teixeira Notícias

wpp

Veja Também

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.