Notícias de Caçador e Região

Reitor da Uniarp faz doação ao Kindermann

O magnífico reitor da Uniarp, Adélcio Machado dos Santos, entregou na última quarta-feira um cheque com doação pessoal de R$ 3 mil, através da Lei do Incentivo ao esporte para o Kindermann/Uniarp/GGNet/Caçador.

“As pessoas precisam conhecer essa lei e através dela ajudar as equipes esportivas. O esporte é uma forma pedagógica, educacional, de se tirar as pessoas das ruas. Esporte é mais que lazer, é saúde e, também, educação. Aprende-se desde novo a disciplina”, avaliou o reitor.

Adelcio lembrou que o projeto de capitação do imposto de renda é voltado, especialmente, para as categorias de base, e que contribui para a formação enquanto atleta, mas também acadêmica, ressaltando a parceria com a Uniarp.

“O projeto é voltado para a base. Desta forma, o Kindermann consegue ajudar financeiramente as meninas, para que elas foquem apenas no esporte e nos estudos. E quando elas chegarem na universidade, a parceria entre o clube e a Uniarp possibilita que elas completem o seu ciclo acadêmico. Certa vez, estava conversando com o Salézio e ele me disse que não há nada mais gratificante para o clube do que ver uma atleta saindo formada com o seu diploma. E essa é a função da Uniarp”, declarou.

O reitor, que na juventude atuou como tenista, fez um pedido aos caçadorenses. “Eu gostaria de conclamar a todos para que, através da lei do incentivo ao esporte, ajudem o Kindermann. Você não perde nada, apenas deduz parte do que teria que pagar ao governo, e contribui com este importante trabalho social”, solicitou o reitor.

O presidente Salézio Kindermann agradeceu o empenho do reitor da Uniarp. “ O Adelcio sempre foi um grande parceiro do Kindermann, está presente nos jogos e sempre nos auxiliando da forma que pode. E certamente através do exemplo dele, mais pessoas vão ajudar as nossas meninas das categorias de base, que em sua maioria são dos bairros mais carentes da cidade e precisam deste apoio”, finalizou o presidente do Kindermann.

A Lei do Incentivo ao Esporte
A Lei de Incentivo ao Esporte permite que patrocínios e doações para a realização de projetos desportivos sejam descontados do imposto de renda devido. A aprovação da Lei foi um grande passo e um importante instrumento para o desenvolvimento e o aprimoramento da atividade esportiva do Brasil.

A lei prevê que empresas que declaram o imposto de renda pelo lucro real poderão aplicar até 1% do imposto devido em projetos esportivos. Já a pessoa física poderá abater 6% do total retido na fonte.

Portanto, se uma empresa paga R$ 10 milhões de IR ao governo, poderá destinar R$ 100 mil para incentivar e patrocinar um projeto esportivo, obtendo as contrapartidas de exposição de um patrocínio normal. Esse valor virá como forma de dedução ou abatimento no IR do ano seguinte.

Mais notícias de esporte> 

 

 

 

Veja Também

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.