Notícias de Caçador e Região

Prefeitura e moradores compartilham pavimentação do bairro

A Prefeitura de Caçador promoveu na noite de segunda-feira, 1º, reunião com moradores do bairro Cohab II, com objetivo de falar sobre a futura pavimentação das ruas restantes na comunidade pelo sistema caução e também rede de saneamento.

O encontro teve a participação do prefeito Beto Comazzetto, acompanhado do presidente da Fundação Municipal do Meio Ambiente (Fundema), Luiz Gustavo Pavelski e do responsável pelo sistema caução, Celso Thomé, que explicou aos moradores como funciona a forma de pagamento.

Cada rua possui seu valor de obra levantado pela Prefeitura e a partir disso é feita a divisão, sendo 50% para pagamento entre todos os moradores da rua e os outros 50% subsidiados pela administração pública. “A Prefeitura está buscando esta gestão compartilhada com os moradores para o custeio das pavimentações pois o valor é alto e muitas são as ruas a serem asfaltadas no município. O sistema calção é praticado em várias cidades e o resultado é um trabalho mais rápido com o auxílio da população”, disse.

De acordo com Thomé, as ruas a serem pavimentadas terão obras para instalação de rede de saneamento básico. O presidente da Fundema, Pavelski, ressalta que todo o trabalho será feito antes da passagem do asfalto e assim que a rede de tratamento for concluída posteriormente, as residências terão novas ligações.

Beto Comazzetto declara que a Secretaria de Infraestrutura e Fundema atuam em sincronia para a realização das obras primeiramente da rede de esgoto e água para depois atuar com a pavimentação. “Não adianta fazer o asfalto para depois ter que quebrar e passar uma rede de saneamento. Vamos fazer tudo na ordem correta para que os moradores tenham uma obra duradoura. A pavimentação também trará uma importante valorização aos imóveis e sem dúvida mais comodidade aos motoristas, e menos preocupações com a saúde das famílias com uma rede de saneamento básico”, define o prefeito.

Os moradores gostaram da proposta e a diretoria do bairro agora se mobiliza para aguardar os processos legais para emissão dos boletos e organização da comunidade para o pagamento das parcelas e início das obras.

 

Prefeitura e moradores compartilham pavimentação do bairro
Veja Também

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.