Notícias de Caçador e Região

Padrasto é condenado por torturar enteado de sete anos SC

Um homem foi condenado a mais de três anos de prisão por torturar física e mentalmente uma criança de sete anos, no Vale do Itajaí.

Segundo o Tribunal de Justiça, uma denúncia fora feita de que o padrasto estaria dando socos na barriga e tapas no rosto da vítima, além de torturá-la emocionalmente o menor.

Denúncia

A denúncia foi feita pelo Ministério Público de Santa Catarina (MPSC). Segundo o órgão, o homem tinha o costume de causar sofrimento físico e mental ao menino como forma de castigo.

Em um dos casos, o padrasto obrigou a criança a engolir fezes de cachorro e tomar água da privada, enquanto empurrava a cabeça do menino para dentro do vaso sanitário.

Os crimes foram confirmados pela meia-irmã da vítima, que tem a mesma idade do menor.

 

Com informações Oeste Mais 

 

Veja Também
Comentários
Loading...