Notícias de Caçador e Região

Kindermann foi o segundo time com mais atletas convocadas para a Seleção

Na semana passada, o técnico da Seleção Brasileira Feminina, Vadão, relacionou 23 jogadoras para a segunda etapa de treinamentos visando à preparação para a Copa América, que será disputada de 4 a 22 de abril deste ano, no Chile. A delegação brasileira se apresentou na sexta-feira (16) na Granja Comary, em Teresópolis (RJ). Entre as atletas estão a goleira Bárbara, a meia Rafaela Andrade e a estreante Bruna Calderan.

O time que mais cedeu jogadoras para os treinos da Seleção Brasileira é o Corinthians. Atual campeão da Libertadores Feminina, o Timão conta com cinco representantes na convocação. Kindermann-SC vêm logo abaixo, com três atletas empatando com o Flamengo.

As atletas retornaram para o clube no inicio desta semana e avaliaram positivamente a convocação.

Rafaela Andrade já atuou na Seleção Sub 20. Foi campeã Sul-americana em 2015 e conquistou o bronze na Libertadores em 2016. “Foi uma oportunidade muito boa para mostrarmos o nosso trabalho. A experiência é única e agregou muito para a minha vida profissional”, destaca Rafaela.

Bruna Calderan teve mais de 15 convocações pela Seleção Brasileira até 2016. Carrega uma bagagem de títulos, entre eles o Sul-americano com a Seleção Brasileira de 2015 e o Mundial Universitário 2017. “Sem dúvidas fico muito feliz por retornar a Granja e é sempre uma boa oportunidade para aperfeiçoarmos nossas técnicas”, destaca Bruna.

Bárbara já é goleira destaque e integra a Seleção feminina Permanente. Foi convocada pela primeira vez em 2005 e agora compartilha a experiência com as outras atletas do Kindermann.

Em sete edições da Copa América Feminina, que também é chamada de Campeonato Sul-Americano Feminino, a Seleção Brasileira conquistou seis títulos. A única rival capaz de interromper a sequência foi a Argentina, em 2006, disputando o torneio em casa.

Veja Também

Comentários estão fechados.