Notícias de Caçador e Região

Homem finge ser policial para obter vantagem em compra de carro e é condenado, em SC

Um homem que fingiu ser um policial rodoviário federal foi condenado pela Justiça. O morador de Mafra, no Planalto Norte de Santa Catarina, tentou se passar por policial para conseguir vantagem na compra de um carro.

Na ocasião, o homem se apresentou como funcionário público em uma revenda de veículos da cidade e teria assinado uma ficha cadastral em que se declarava policial rodoviário federal, conforme relatou à justiça o vendedor que o atendeu.

Ainda de acordo com o relato do funcionário, após verificar os dados e constatar que a informação poderia ser falsa, acionou a PRF, que deslocou agentes até a loja para apurar o caso.

Na defesa apresentada pelo homem, ele confirmou ter preenchido a ficha cadastral com a informação de que era policial. Ele afirmou, porém, ter sido orientado pelos funcionários da loja que agisse dessa forma para garantir maior credibilidade no cadastro e aprovação financeira.

O juiz André Luiz Lopes de Souza, da Vara Criminal da comarca de Mafra,  considerou que o ato do suspeito de se passar por funcionário público foi consciente e voluntário. O homem foi condenado ao pagamento de multa, que deverá ser recolhida ao Fundo Penitenciário Nacional. Cabe recurso da decisão.

 

Veja Também

Comentários estão fechados.