Notícias de Caçador e Região

Cigano e Pezão garantem que se enfrentam em caso de vitórias no UFC

Antônio Pezão e Junior Cigano terão desafios complicados pela frente em suas próximas lutas. No UFC 160, dia 25 de maio, o paraibano terá sua primeira chance ao cinturão da categoria contra o atual campeão e seu único algoz no Ultimate, Cain Velásquez, enquanto Cigano enfrenta Mark Hunt, em duelo que pode definir o próximo desafiante ao título.

“Vai ser um evento verde e amarelo, se Deus quiser”, planejou Cigano. Questionados sobre o que aconteceria caso ambos vençam no dia 25 de maio, Cigano garantiu: “Nós vamos lutar se for pelo título. Nós somos bons amigos, somos parte do mesmo time, mas pelo cinturão ele tem que pensar na família dele e nas coisas dele, e eu tenho que pensar nas minhas, então nós vamos lutar. Vai ser uma sessão de sparring com luvas ‘pequenas’. Claro que só se valer o cinturão, porque eu não quero enfrentá-lo nunca se for em outra situação”.

Pezão também confirmou que enfrentaria o amigo, porém, assim como Cigano, o duelo ocorrerá apenas valendo o título da categoria.

“Nós somos profissionais, eu tenho a minha família, as minhas contas, então nós vamos lutar. Depois da luta, nós vamos comemorar porque não importa quem vai vencer, nós vamos celebrar juntos porque o cinturão vai ficar no Brasil”, afirmou.

Os dois lutadores, no entanto, deixaram bem claro que sabem o tamanho do teste que está por vir pela frente, e revelaram que pretendem treinar juntos para seus respectivos desafios.

“O Pezão me convidou para vir aos Estados Unidos e treinar com ele. Nós somos parte do mesmo time, somos bons amigos, então eu devo sim passar um tempo treinando na Flórida com ele (na American Top Team). Nós já conversamos sobre a luta dele contra o Cain, e eu realmente acredito que ele será o próximo campeão dos pesados do UFC”, declarou Junior, que aproveitou para relembrar como conheceu o carismático Pezão.

“Nós já somos amigos há uns 4 anos. Eu lembro que quando o conheci o chamei imediatamente de leão, porque ele estava preparando suas mãos para uma sessão de sparring enquanto cantava aquela música ‘Leãozinho’ do Caetano Veloso”, recordou, fazendo Pezão cair na gargalhada.

Próxima luta

Cigano se diz satisfeito com o seu novo adversário. O mais importante para o brasileiro foi ter um oponente e não sair do card principal do evento. O motivo é a continuidade do treinamento. “Já estou em um ritmo forte de treino e seria ruim parar agora”, reforça Cigano.

O lutador diz que sua equipe está muito boa e que fará treinamentos específicos para o novo adversário. Sobre Hunt, o brasileiro diz que seus estilos são parecidos. “Ele vai buscar o nocaute, já que bate muito forte e troca muito bem”, alerta Junior, ressaltando que seu forte também é a luta em pé. 

Mais notícias de esporte>

 

NOTÍCIAS RELACIONADAS
Júnior Cigano chega a Caçador, fala da luta e projetos para o futuro. Assista a entrevista coletiva, na íntegra

Júnior Cigano profere palestra para alunos do Aplicação

Beto Comazzetto recebe a visita de Júnior Cigano

 

Júnior Cigano palestra para acadêmicos e pais de alunos na UNIARP

 

Júnior Cigano se encontra com governador Raimundo Colombo

Em ranking do UFC, Cigano aparece em 1º lugar nos “Pesados”

Júnior Cigano em entrevista exclusiva ao Portal NH

Conheça a trajetória do campeão Junior Cigano

Cigano ganha 4kg de músculo para luta com Cain Velásquez

Irreconhecível, Cigano perde o cinturão em Las Vegas

Cigano já fala em revanche depois de derrota épica

 

 

Veja Também

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.