Notícias de Caçador e Região

Cerca de 50 túmulos foram destruídos em cemitério, na Serra

Aproximadamente 50 túmulos do cemitério Cruz das Almas, em Lages, na Serra de Santa Catarina, foram destruídos na madrugada desta quinta-feira.

O número ainda pode aumentar, já que a contagem ainda não foi concluída, informou a prefeitura do município. Mármores, vidros e cabeceiras dos jazigos foram muito danificadas, mas, apesar dos estragos, nada teria sido roubado. O que mais impressionou a população local, segundo a prefeitura, foi a destruição dos túmulos de Ernesto Canozzi e Olintho Pinto, conhecidos como os irmãos Canozzi. A dupla foi assassinada em 1902 e o crime, conforme relata o jornalista Pablo Gomes, repercutiu muito na época, chegando a se transformar em documentário.

Conforme o secretário de Serviços Públicos e Meio Ambiente de Lages, Euclides Mecabô, as polícias Militar e Civil já foram até o cemitério para averiguar os danos e registrar a ocorrência. Após a perícia, onde será feita a contagem exata das sepulturas atingidas, os familiares serão contatados.

Atualmente, é a própria prefeitura que responde pelo cemitério, túmulos e sepultados. Sem câmeras de segurança no entorno, o local é cercado por muros de 2,5 metros de altura e portões com cadeados.

— Para evitar que fatos como esses voltem a acontecer, em conjunto com a Diretran, nossa secretaria já vem trabalhando em um sistema mais eficiente de segurança, a ser implantado nos dois cemitérios, o Cruz das Almas e o da Penha — previu Mecabô.

Na tarde desta quinta-feira, por conta do trabalho dos peritos, o cemitério precisou ser totalmente isolado. Em alguns pontos do local, a polícia teria verificado sangue no chão, indicando que quem praticou o ato de vandalismo teria se ferido.

Por fim, Mecabô informou que a polícia já trabalha com suspeitos, mas que detalhes da investigação ainda não foram revelados. Segundo informações, a Central de Polícia da cidade afirmou que o caso foi registrado, mas que a investigação ficará a cargo da 1ª DP, em recesso nesta quinta.

Com informações de Rádio Catarinense 

Veja Também

Comentários estão fechados.