Notícias de Caçador e Região

Casan lança programa para regularizar débitos de clientes inadimplentes

A Companhia Catarinense de Águas e Saneamento (CASAN), iniciou a terceira edição do Programa de Recuperação de Receita – PROCRER III, com o objetivo de incentivar a regularização de débitos de clientes ativos e inativos, com foco em faturas vencidas até o final do mês de setembro deste ano. O estímulo para o cliente inadimplente é o abatimento de multas e juros em até 100%, e a possibilidade de parcelamento da dívida em até 10 vezes.

O programa será desenvolvido até o dia 1º de março de 2013, incluindo também os usuários com ações administrativas e judiciaisem trâmite. Para aderir, o consumidor poderá procurar as agências da Casan nos 200 municípios de sua área de abrangência no Estado, munido de documentos como Carteira de Identidade e CPF.

Em Caçador, a agência fica ao lado do Corpo de Bombeiros Voluntários.

De acordo com a gerência comercial da Companhia a inadimplência dos últimos anos é da ordem de R$ 80 milhões e a meta do programa é recuperar, pelo menos, de10 a12% deste valor.

A redução de multas e juros poderá chegar até a 100% no caso de pagamento em cota única. No caso de pagamento realizado em até 10 parcelas mensais e consecutivas os descontos serão progressivos, sendo a primeira parcela paga no ato de assinatura do termo de adesão e as demais cobradas por meio de fatura nas datas tradicionais de cobrança da fatura de água e esgoto.

Confira a tabela de descontos:

Parcela única: 100% de desconto sobre juros e multas

Duas parcelas: 90% sobre a multa e 90% sobre os juros

Três parcelas: 80% sobre a multa e 80% sobre os juros

Quatro parcelas: 70% sobre a multa e 70% sobre os juros

Cinco parcelas: 60% sobre a multa e 60% sobre os juros

Seis parcelas: 50% sobre a multa e 50% sobre os juros

Sete parcelas: 40% sobre a multa e 40% sobre os juros

Oito parcelas: 30% sobre a multa e 30% sobre os juros

Nove parcelas: 20% sobre a multa e 20% sobre os juros

Dez parcelas: 10% sobre a multa e 10% sobre os juros

Veja Também

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.