Notícias de Caçador e Região

Bolsonaristas depredaram 15 ônibus em Brasília após confronto com PF

Bolsonaristas depredaram pelo menos 15 ônibus durante os atos terroristas no centro de Brasília no último dia 12, depois de tentarem invadir a Polícia Federal (PF). Os extremistas apedrejaram e queimaram ônibus de cinco empresas que prestam serviços ao governo do Distrito Federal.

As empresas Piracicabana, Pioneira, Marechal, São José e Urbi informaram ao governo cinco ônibus queimados e outros dez apedrejados. A Piracicabana foi a que relatou mais prejuízo, com dois ônibus queimados e quatro com vidros quebrados. A Pioneira registrou dois veículos apedrejados e um incendiado, enquanto a São José teve um ônibus queimado e um apedrejado.

A reposição dos cinco ônibus queimados por bolsonaristas vai demorar até seis meses, em um prejuízo direto à população. Os dados foram obtidos por meio da Lei de Acesso à Informação.

Além do vandalismo contra bens públicos e privados, os extremistas tentaram invadir a sede da PF no último dia 12. As primeiras prisões só aconteceram 17 dias depois da baderna.

Com informações Metrópoles 

Veja Também

Comentários estão fechados.