Notícias de Caçador e Região

Ações preventivas da PM reduzem crimes em Caçador durante 2016

A Polícia Militar de Caçador, no meio oeste catarinense, através de um plano estratégico de comando que visou a prevenção e parcerias com empresas, obteve redução nos principais índices de criminalidade e aumento das apreensões de armas e drogas na cidade no ano de 2016.

Com a intensificação das fiscalizações de trânsito, diminuiram os acidentes com danos materiais. De janeiro a dezembro de 2015 foram computados 1.135 acidentes, enquanto que no mesmo período de 2016 foram registrados 805 acidentes, uma redução de 330 acidentes apenas com danos materiais.

Ainda, para o ano de 2017, o comando da Polícia Militar de Caçador já prevê ações estratégicas direcionadas ao sistema trânsito e a manutenção das ações educativas.

Em relação aos crimes de trânsito, como por exemplo “conduzir veículo automotor sob a influência de àlcool”, de janeiro a dezembro de 2015 foram registradas 123 prisões, enquanto que no mesmo período de 2016 foram efetuadas 161 prisões. O aumento de 38 prisões é reflexo do trabalho das equipes de policiamento preventivo, das guarnições de radiopatrulha (RP) e do Pelotão de Patrulhamento Tático (PPT), que todos os dias efetuaram abordagens em diversos pontos estratégicos do município.

Já o trabalho de repressão, teve pontos positivos em todos os modelos de policiamento. Os furtos tiveram uma redução de 21,17% de 2015 para 2016. Esta redução foi auxiliada pela criação de um projeto de redução de crime, criado pelo comandante do 15º Batalhão de Polícia Militar (BPM), major Renato Leandro de Medeiros, em 2016, chamado “Dot Projet” (Projeto Pronto).

Com mais um projeto na área da repressão, chamado de “Redução da Letalidade Violenta”, o 15ºBPM reduziu 58,63 %, a taxa de tentativas de homicídios de 2015 para 2016, nos bairros com maiores índices de violência da cidade. A intensificação das fiscalizações de varreduras, em bares lanchonetes e similares e as ações preventivas, resultaram na apreensão de 68 armas de fogo e 55 comprimentos de mandados de prisão.

Devido a fiscalização e investimento por parte do comando da unidade, o tráfico de drogas resultou em 26 prisões e apreensões de drogas no município n último ano.

Os resultados deixam o comando da PM em Caçador otimista, que para 2017 prevê intensificar ainda mais as ações de repressão, investindo também em planos de prevenção, que contribuam de forma efetiva para a melhoria da sensação de segurança da população.

Veja Também

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.